Notícias

Redenção, Altamira e Bragança têm o gás de cozinha mais caro do Pará

04/11/2017

Após o anúncio da autorização de um novo reajuste de 4,5% no preço do botijão do gás de cozinha pela Petrobras, na tarde desta sexta-feira (03), o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese/PA) divulgou que, se este aumento for repassado integralmente para o consumidor final, o reajuste no preço final do botijão de 13 kg do gás de cozinha deverá ser em média de 2,00 % ou cerca de R$ 1,21 por botijão.

Esta será a oitava alteração no preço do gás de cozinha autorizado pela estatal neste ano de 2017, segundo o Dieese/PA. A primeira ocorreu no dia 21 de março, com elevação de 9,80%, enquanto a última no dia 11 de outubro, com uma elevação de 12,9 % no preço do botijão de gás de 13 kg.

Segundo a Petrobras, os preços do gás de cozinha para uso residencial em botijões de até 13 kg vão aumentar em 4,5% nas refinarias, em média, a partir da 0h deste domingo (5). De acordo com a companhia, a causa principal do reajuste é a “alta das cotações do produto nos mercados internacionais, influenciada pela conjuntura externa e pela proximidade do inverno no hemisfério norte”. Ainda conforme a companhia, a variação do câmbio também contribuiu para o aumento.

Onde o gás é mais caro no Pará

O estudo, com base em dados da Agencia Nacional do Petróleo (ANP), mostra que em Belém, no final da semana passada, o preço médio do botijão de gás de 13 Kg era R$ 61,77, com os preços oscilando entre R$ 55,00 a R$ 70,00.

Ainda segundo o Dieese, entre os municípios paraenses, Redenção é o município que vende o botijão de gás de cozinha em média mais caro, custando R$ 86,20 (com o menor preço a R$ 83,00 e o maior a R$ 90,00), seguido de Altamira com o preço médio de R$ 83,63 e de Bragança, com o preço médio de R$ 83,00.

Os maiores valores médios no preço do botijão de gás de cozinha de 13KG comercializado nos municípios paraenses no final da semana passada:

Redenção (*): 86,20 (preço médio) 83,00 (menor preço) 90,00 (maior preço)

Altamira (*): 83,63 (preço médio) 72,00 (menor preço) 100,00 (maior preço)

Bragança (*): 83,00 (preço médio) 80,00 (menor preço) 85,00 (maior preço)

Paragominas (*): 82,33 (preço médio) 80,00 (menor preço) 85,00 (maior preço)

Xinguara: 80,83 (preço médio) 80,00 (menor preço) 85,00 (maior preço)

Conceição do Araguaia: 80,14 (preço médio) 73,00 (menor preço) 85,00 (maior preço)

Parauapebas: 78,33 (preço médio) 75,00 (menor preço) 80,00 (maior preço)

Nota (*) informações da ANP referente à semana de 22 a 28/10/17. Análise: Dieese/PA

Fonte: ORM

Comentários

Telefone

+55 (93) 3515-4899

+55 (93) 99185-4664

Enquete



Olá Mundo!

Sim
Não
talves

Solicite sua música

Solicitar

Facebook

Newsletter

Inscrever